fbpx

Armazenamento e manuseio adequados contribuem na qualidade do lubrificante agrícola

Os lubrificantes são substâncias aplicadas em superfícies móveis ou fixas capazes de reduzir o desgaste das peças provocado pelo atrito. Outra função dos lubrificantes é auxiliar no controle de temperatura e nas vedações de componentes de motores e sistemas de máquinas e equipamentos, bem como na limpeza de impurezas, aumentando a vida útil das partes metálicas e protegendo contra o processo de oxidação (corrosão).

A lubrificação é um dos principais serviços de manutenção de máquinas uma vez que contribui na preservação dos componentes e sistemas. De acordo com Antonio Carlos Loureiro Lino (2003), pesquisador científico do Instituto Agronômico de Campinas – IAC, o lubrificante está entre os principais insumos utilizados na agricultura e o bom desempenho das máquinas e equipamentos agrícolas dependem diretamente da qualidade do produto a ser utilizado.

Muitos fatores influenciam para a perda da qualidade do lubrificante, tais como armazenamento ou manuseio inadequado, podendo causar as contaminações.

_____
Tipos de contaminações

O lubrificante pode ser contaminado por outros lubrificantes, produtos químicos, por água ou materiais sólidos como fiapos, poeiras ou outros tipos de materiais particulados. Além da contaminação, os lubrificantes podem estragar devido as variações de temperatura bruscas ou longo período de armazenamento, principalmente as graxas.

“A maior parte dos aditivos usados nas graxas ou óleos pode sofrer decomposição quando armazenados por tempo prolongado. Para evitar que isto ocorra, deve-se organizar um plano de circulação dos produtos, de maneira que os lubrificantes sejam usados conforme a ordem de chegada” orienta Lino.

_____
Armazenamento

Para o armazenamento dos lubrificantes é preciso levar em consideração o tipo de embalagem, aplicação e viscosidade. Independente do seu tipo, os produtos devem ser dispostos em bases que evitem o contato direto com o chão.

_____
Dicas de segurança

• Mantenha sempre armazenado nas embalagens originais e os rótulos legíveis;
• Leia as recomendações do fabricante e a Ficha de Informação de Segurança de Produto Químico (FISPQ);
• Manuseie com segurança, sempre evitando o contato direto com o produto. Utilize proteção individual, tais como luvas e roupas impermeáveis, óculos de proteção e respiradores específicos para produtos químicos.

Vale lembrar que o lubrificante não é um líquido inflamável ou combustível, porém, se aquecido libera gases e vapores capazes de entrar em combustão. Siga sempre as recomendações de profissionais para o manuseio de produtos químicos.

Por Ralph Wagner Marek – Engenheiro de Produção Agroindustrial e Engenheiro de Segurança do Trabalho. Coordenador de Engenharia e Conteúdo do Foco Rural Agronegócios.