fbpx

Boletim climático: tendência do tempo para o Brasil

O período úmido é a época de chuva regular, que após os meses de seca do outono/inverno inicia-se com a chuva da primavera e se estende pelo verão.

O retorno da chuva é especialmente esperado pelo setor agrícola, pois o plantio da nova safra principal de grãos precisa ser iniciado. A chuva do início do período úmido começa a molhar a terra justamente para que se tenha condições de manejo e de plantio.

Julho foi marcado por um bloqueio atmosférico no Oceano Pacífico, o que manteve o tempo mais firme no Brasil central e com poucos episódios de chuva. O frio também foi o destaque no último mês, embora grande parte de julho tenha registrado temperaturas altas para época do ano.



De uma forma geral se espera chuva acima da média no Rio Grande do Sul, em especial nas áreas de fronteira com o Uruguai, e no leste de Santa Catarina. Na última semana do mês, a chuva fica bastante volumosa no Sul do País, mas há previsão de chuva abaixo da média no norte do Paraná e oeste de São Paulo. O Centro-Oeste segue com tempo seco ao longo do mês, especialmente o Estado de Mato Grosso. 

Tendência do Tempo para o Brasil
Nos últimos sete dias, choveu pouco sobre o Brasil contribuindo com a colheita de café, laranja, cana de açúcar, milho e algodão. Poucas precipitações aconteceram sobre o RS, leste do Nordeste e norte da Região Norte.

Apesar de normal o tempo seco nesta época do ano, a estiagem afeta Estados que normalmente registram chuva no inverno, como Paraná e Santa Catarina.

A previsão para esta semana é de pouca chuva no interior do Brasil. As raras precipitações em áreas produtoras do país acontecem sobre o sul do Paraná (até 15mm), norte de São Paulo (5mm) e sul e oeste de Mato Grosso (5mm). Previsões mais estendidas indicam aumento da chuva sobre o centro e sul do Brasil a partir de 29 de agosto. Inicialmente, a precipitação alcançará a Região Sul, mas até 07 de setembro, ela espalhará na direção de São Paulo e Mato Grosso do Sul.

Para este ano agrícola, as primeiras chuvas não demorarão a aparecer. A tendência é de acumulado de pelo menos 50mm em boa parte do Sudeste e Centro-Oeste, sobretudo na segunda quinzena do mês. A questão é que a regularização da chuva acontecerá mais tarde, somente a partir da segunda quinzena de outubro.

As geadas acontecem somente sobre o centro, oeste e sul do Rio Grande do Sul com mínimas entre 0°C e 2°C até a quarta-feira. A temperatura baixa, por sua vez, será sentida desde o Rio Grande do Sul até o sul da Bahia. Somente a partir do domingo, os termômetros começarão a subir novamente. A próxima semana será caracterizada por calor na maior parte do país.

Fonte: Assessoria de Imprensa