fbpx

Paraná deve registrar aumento na produção e vendas de frango

“Acredito que teremos um ótimo 2020 para a avicultura”

A produção e exportação de carne de frango do estado do Paraná deve crescer até 6% no ano de 2020, segundo informações divulgadas pelo Sindicato das Indústrias de Produtos Avícolas do Estado do Paraná (Sindiavipar). De acordo com o presidente do Sindiavipar, Domingos Martins, a expectativa é muito boa para o ano que vem. 

“Acredito que teremos um ótimo 2020 para a avicultura, com a expectativa de crescimento da economia. Esse avanço impulsiona o consumo e com isto nós crescemos também.

Espero um aumento ainda maior de nossa produção, levando em conta que o mundo está cada vez mais precisando importar proteínas de origem animal, principalmente do Brasil e do Paraná”, diz ele, em uma nota divulgada pela entidade.

Segundo o portal especializado CarneTec Brasil, os abates de frangos no Paraná em novembro bateram um recorde para o mês, chegando a 150,96 milhões de aves, alta de 2,64% em relação ao mesmo mês do ano passado. “No acumulado de 2019, os abates de frangos no estado cresceram 5,96%, a 1,71 bilhão de cabeças”, indica. 

“Já as exportações paranaenses somaram 1,43 milhão de toneladas de janeiro a novembro, 2,43% a mais que no mesmo período de 2018. A receita com as exportações de carne de frango do estado aumentou 6,94% neste ano, para US$ 2,13 bilhões. O Paraná exportou 40% do total de volume de carne de frango embarcado pelo Brasil ao exterior neste ano”, completa. 

Nesse cenário, novas habilitações de plantas para exportação e a demanda adicional gerada como resultado da peste suína africana colaboraram para acelerar os embarques paranaenses de carne de frango neste ano. 

Fonte: Agrolink