fbpx

Reunião para plantação de Banana em Juranda

Na quinta feira, dia 06, no Centro Cultural de Juranda, estiveram reunidos a Prefeita Municipal Leila Amadei, agricultores e a empresa FOCO RURAL. O objetivo da reunião foi levar ao conhecimento da Prefeita e do Secretario da Agricultura e agricultores  a viabilidade da Produção da Cultura da Banana para o Município de Juranda.


Na reunião o Sr. Carlos Marek, do departamento técnico da FOCO RURAL, demonstrou a viabilidade técnica da banana em todas as fases do cultivo da bananeira, desde o seu estabelecimento até a comercialização, passando pelos tratos culturais  e manejo na colheita e pós-colheita. Falou ainda de produção, que se faz necessário uma área de produtividade que compense os investimentos e facilite a comercialização. O Sr. Carlos falou ainda da parceria que a FOCO RURAL tem com empresas que comercializam e com industrias que utilizam a banana e que facilita o encaminhamento da banana que não for direto para o consumo, vai para a indústria. Assim não haverá perda de produção.

O Sr. Carlos Marek do Departamento técnico disse que o objetivo da FOCO RURAL com a produção da banana  é Fomentar a economia do Município de Juranda; visando a diversificação da produção das pequenas propriedades; Valorizar as pequenas áreas dos produtores; Combater o êxodo rural e a criação de novos mercados e oportunidades para o aumento de renda e qualidade de vida ao produtor rural.

A Prefeita Leila Amadei colocou que o desafio de ser gestor do Município  “é propor alternativas  para o desenvolvimento dos agricultores  e que a realidade do município ainda é trabalhar com as questões  do combate à pobreza, a geração de renda, a organização e os sistemas de produção, condições que nos obrigam a propor, escolher e implantar novas atividades agropecuárias, valorizamos a agricultura familiar, por meio da compra direta para as escolas e apoio a feira do produtor e hoje estamos iniciando a cultura da banana. Precisamos nos tornar um município sustentável, temos que pensar na cortina verde e a banana pode ser uma alternativa, pois é possível produzir sem utilizar agrotóxico.”

Na oportunidade, o senhor Antônio Hernandes, Secretário da Agricultura, falou da importância da banana para a agricultura familiar e disse que: “ O Município de  Juranda  reconhece que a agricultura é a fonte de riqueza econômica,  produzida por  agricultores familiares,  entre outros. O agronegócio no município já esta consolidado com a soja, milho e o trigo. Mas o Município demanda de novas alternativas para as pequenas propriedade,  e as nossa condição climáticas é favorável para a plantação   da banana  e assim vamos  melhorar as condições de vida de nossa população. Eu acredito que a banana é o produto certo para a agricultura familiar do nosso município.”

O Sr. Ruben O. Moyano falou que: “A banana é uma das frutas mais consumidas pelos brasileiros, tanto in natura quanto em doce de banana, geleia de banana, bala de banana, barra cereal de banana, biomassa de banana, chip de banana, passa de banana e demais alimentos que levam este elemento em suas composições como pão, batida, sorvete, entre outros. A banana é tida como um dos alimentos que mais estão presente no cardápio das pessoas no Brasil e no mundo, principalmente devido ao fato de poder ser consumida de diferentes formas.  A banana é mais que uma fruta, ela também pode ser uma excelente forma de ganhar dinheiro, principalmente com o plantio, que é a modalidade mais rentável. O fruto é comercializado, as folhas para fazer artesanato, o tronco pra extrair palmito e a flor pra fazer iguarias  ou utilizar como alimento pra suínos.”

“Esta parceria, que estamos iniciando será fruto  de muitas mãos, destacando, de maneira consistente, os aspectos ambientais necessário, a  produção, a comercialização e reafirmando a importância da  participação de todos os  envolvidos no desenvolvimento da produção da banana”, falou a Prefeita Leila Amadei.

O Sr. Carlos do Departamento técnico da FOCO RURAL disse que: “Como qualquer outra cultura agrícola, para que o produtor obtenha produções elevadas, que venham compensar os investimentos e, também, gerar lucros, o cultivo da banana precisa ser realizado de forma adequada. O Lucro Líquido da produção de banana em um alqueire é relativo a 1.000 sacas de soja. Em um hectare de plantação de banana se  produz entre 30 a 50 toneladas da fruta.”

Os presentes puderam tirar suas dúvidas e foram orientados de como seguir com a organização, conversa com os agricultores que demostram interesse, bem como os próximos passos e os documentos necessários para regularizar o plantio da banana no Município.