fbpx

RS: clima prejudica plantio da soja

Área já plantada chega a 85% mas seca e calor impedem avanço

Se no país o plantio de soja está praticamente concluído, no Rio Grande do Sul o clima prejudica o avanço dos trabalhos. Na safra passada o estado foi o segundo maior produtor nacional, ultrapassando as 20 milhões de toneladas e para a safra 21/22 a expectativa é boa. Porém nas últimas semanas o clima seco aliado a altas temperaturas e ventos dificulta o progresso do plantio.

De acordo com a Emater/RS o plantio está em 85% da área total estimada. Da área plantada, 99% está em germinação e desenvolvimento vegetativo, enquanto 1% está em fase de floração. Para esta semana há previsão de chuva para o Estado mas com baixa intensidade. Entre segunda (13/12) e quarta-feira (15/12), a intensificação de uma área de baixa pressão sobre o Centro-Norte do Rio Grande do Sul pode provocar temporais com possibilidade de pancadas de chuva, típicas de primavera-verão, principalmente nos setores Leste e Nordeste.

Na maioria das localidades do Estado, os volumes esperados são inferiores a 20 mm. Os maiores acumulados para a próxima semana deverão ocorrer na região Nordeste. Os dados são do  Boletim Integrado Agrometeorológico, emitido por órgãos estaduais de agricultura. O país vive o segundo ano consecutivo de La Niña, o que impacta diretamente na escassez de chuvas no Sul.

Segundo a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) o Rio Grande do Sul prevê plantar 6.2 milhões de hectares com a oleaginosa, avanço de 3,7% e tem uma produção esperada de 21.2 milhões de toneladas.

Fonte: Agrolink