fbpx

Secretaria de Agricultura e Abastecimento apoia ações do Mapa para a criação do Programa Bioinsumos

O Estado de São Paulo tem grande potencial para contribuir com a formulação do Programa Nacional de Insumos para a Agricultura Orgânica – Programa Bioinsumos, que está sendo desenvolvido para garantir um novo modelo de agricultura sustentável no País. A Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, representada pelo assessor técnico do Gabinete do Secretário, Edwin Montenegro, integra o Grupo de Trabalho criado pelo Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (Mapa) para elaborar o programa.

Sob coordenação da Secretaria de Inovação, Desenvolvimento Rural e Irrigação do Ministério, o grupo de trabalho reuniu representantes das secretarias da Defesa Agropecuária, Política Agrícola e Agricultura Familiar e Cooperativismo, do setor produtivo e de órgãos da pesquisa agropecuária no dia 10 de julho, em Brasília.

“O objetivo do Programa é apresentar à agricultura brasileira uma alternativa de desenvolvimento econômico mais sustentável, que integre o meio ambiente à produção agrícola”, explicou Montenegro. “Juntos, nós pretendemos apoiar a iniciativa que busca apresentar para o Brasil e para o mundo uma nova forma de produção agrícola, em sintonia com o que a sociedade pede: uma alimentação mais nutritiva, saudável e segura”, disse.



Nos dias 5 a 7 de agosto, o assessor representará a Secretaria Estadual no 3º Fórum Brasileiro de Agricultura Sustentável – A Evolução Verde, que será promovido pelo Grupo Agricultura Sustentável (GAS), em Campo Grande (MS). “A sequência do trabalho é reunir ferramentas de bioinsumos e mineralização do solo, novidades sobre sementes e adubação verde, novas tecnologias de drone, pulverização e controle biológico, colher os resultados obtidos pela pesquisa e pelos produtores e aplicar no agro paulista”, afirmou.

A ideia, de acordo com o especialista, é levar ao grupo de trabalho federal as iniciativas da Secretaria, desenvolvidas pelos institutos da Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (Apta) e pela Coordenadoria de Desenvolvimento Rural Sustentável que possam contribuir com o desenvolvimento sustentável do setor.

Organizado pelo Grupo Agricultura Sustentável (GAS), o Fórum reunirá produtores rurais, empresários, consultores, pesquisadores e profissionais do agronegócio de todo o Brasil e do exterior. Entre a programação, destacam-se iniciativas paulistas como a utilização de pó de rocha para grandes culturas, tema abordado pelo pesquisador Carlos Crusciol (Unesp); manejo da microbiodiversidade para controle de pragas e doenças em plantas, apresentado por Celso Tomita, da empresa Tomita AgroÖikos, e palestra da agroecologista e nutricionista funcional Carina Primavesi.

FONTE: Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo