fbpx

Segurança dos defensivos vira debate entre especialistas

Os temas de tecnologia e segurança na aplicação de defensivos são temas de visita da Crop Life Latin America à Unidade de Referência em Tecnologia e Segurança na Aplicação de Agroquímicos (UR), em Jundiaí-SP. Na oportunidade, a Gerente de Stewardship da entidade Crop Life Latin America, Gabriela Briceño, assistiu a uma apresentação sobre a atuação conjunta entre o Centro de Engenharia e Automação do Instituto Agronômico (CEA-IAC), órgão da Secretaria de Agricultura e Abastecimento de SP, e a iniciativa privada.

“Tivemos uma oportunidade valiosa para tratar de avanços obtidos pela pesquisa agrícola, nos últimos anos, na área de tecnologia de aplicação”, Coordenador da Unidade de Referência em Tecnologia e Segurança na Aplicação de Agroquímicos (UR), e de outros três programas de relevância na área, o pesquisador Hamilton Ramos. “Mostramos ainda dados e resultados relevantes desses quatro programas que contam com apoio integral da iniciativa privada”, completa.

Nesse canário, Ramos fez um resumo sobre os programas, afirmando que o Aplique Bem leva a propriedades rurais treinamentos práticos na área de tecnologia de aplicação. “Já a Unidade de Referência oferece cursos para multiplicadores de boas práticas na aplicação de defensivos agrícolas, enquanto o IAC-Quepia desenvolve métodos de análise e certifica a qualidade de vestimentas e luvas de proteção rural. O programa de Adjuvantes da Pulverização, de acordo com Ramos, transfere rendimento agrícola e preserva o meio ambiente nas propriedades”, afirma a assessoria de imprensa da UR.

Após percorrer às dependências do centro de pesquisas de Jundiaí, ao final do encontro, o grupo de visitantes foi conhecer à unidade industrial da empresa Protect, que produz equipamentos de proteção individual agrícola (EPI) na cidade vizinha de Sumaré, e é membro do programa IAC-Quepia.

Fonte: Agrolink